• project
  • project
  • project
  • project
  • project
  • project
  • project
  • project
  • project
  • project
  • project
  • project
  • project
  • project
  • project
  • project
  • Mensagem Semanal
  • Caros amigos:

    Temos a graça de sermos convidados a trabalhar na "vinha" do Senhor, mas
    tenhamos a coragem, também, de uma disponibilidade desinteressada, pois o
    "prémio" é mesmo fazermos parte "deste Reino" de amor!
    Deus chama à salvação todos os homens, sem considerar a antiguidade na fé,
    os créditos, as qualidades ou os comportamentos anteriormente assumidos. A
    Deus interessa apenas a forma como se acolhe o seu convite. Pede-nos uma
    transformação da nossa mentalidade, de forma a que a nossa relação com
    Deus não seja marcada pelo interesse, mas pelo amor e pela gratuidade.

  • REZAR A PALAVRA

    Dá-me, Senhor Jesus, num qualquer recanto, uma vinha por colher.
    Dá-me a urgência de sair do meu lugar.
    Dá-me, Senhor Jesus, cachos maduros, doces, dourados ou da cor de rubi.
    Dá-me a urgência de saborear o vinho novo.
    Dá-me, Senhor Jesus, uma vinha com lagar e uma noite longa para trabalhar.
    Dá-me a urgência do corpo cansado.
    Dá-me, Senhor Jesus, companheiros desanimados como eu.
    Dá-me a urgência de consolar alguém.
    Chama-me para a alegria da colheita, para a festa das vindimas.
    Chama-me, consola-me, fala-me palavras doces ao meu coração rebelde
    até que perceba que trabalhar contigo e a teu lado
    é a obra mais sem preço que realizar possa.

  • E PAGA AOS PRIMEIROS E AOS ÚLTIMOS

    Na vida há primeiros e últimos. A uns e a outros, inesperadamente, Deus
    dá sem limites, que o limite do amor é elevar todos até si! O olhar de Deus
    é amor sem limites: rebusca-nos nos terreiros e nas praças, onde
    restamos tão abúlicos... E o nosso olhar é tão limitado, tão limitado, que
    não percebemos as razões pelas quais Deus precisa de nos elevar. E é
    que Deus não olha o nosso passado nem se prende ao presente;
    olhando-nos olha-nos com amor que não trai, e só vê futuro; Ele não
    precisa de um pecador frustrado, acabrunhado, desestimado, mas de um
    homem/mulher que se alegre e rejubile por ser convidado a ser colaborador
    com a graça. Deus não precisa de profissionais do lamento e
    comiseração, que se saciam dos rituais de sempre, sem novidade nem
    regeneração. Não precisa de nós sempre a lamentar-nos, mas de
    soldados afeitos ao combate, ainda que feridos; de mãos ágeis e
    dispostas a levar uvas para o lagar, para o altar. Deus paga sempre e a
    todos: tristeza será não sabermos acolher e agradecer a imensa e
    imerecida gratuidade da sua misericórdia por cada um de nós!

INTENÇÃO DE SETEMBRO - Respeito pelos recursos do planeta

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL "AMORIS LÆTITIA" DO SANTO PADRE FRANCISCO AOS BISPOS, AOS PRESBÍTEROS E AOS DIÁCONOS, ÀS PESSOAS CONSAGRADAS, AOS ESPOSOS CRISTÃOS E A TODOS OS FIÉIS LEIGOS SOBRE O AMOR NA FAMÍLIA

Visualize neste link:

http://w2.vatican.va/content/dam/francesco/pdf/apost_exhortations/documents/papa-francesco_esortazione-ap_20160319_amoris-laetitia_po.pdf

Biografia de Frei Bartolomeu dos Mártires da autoria de Frei Raul de Almeida Rolo, revista pelo P. Jorge Alves Barbosa e cuidada graficamente pelo P. Paulo Gomes.

Poderá descarregar a biografia do Beato Frei Bartolomeu dos Mártires no link em baixo.

biografiafreibartolomeu.pdf